Projeto Didático A Borboleta Azul


EIXOS TEMÁTICOS DE LÍNGUA PORTUGUESA
Desenvolvimento da Oralidade
Compreensão e Valorização da Cultura Escrita
Leitura
Apropriação do Sistema de Escrita
CAPACIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA

Participar das interações cotidianas em sala de aula.
Escutando com atenção e compreensão.
Respondendo às questões propostas pelo professor
Expondo opiniões nos debates com os colegas e com o professor
Desenvolver atitudes e disposições favoráveis a leitura
Desenvolver capacidades necessárias à leitura com fluência e compreensão.
Identificar as finalidades e funções da leitura em função do reconhecimento do suporte, do gênero e da contextualização do texto.
Antecipar conteúdos dos textos a serem lidos em função do reconhecimento do suporte, do gênero e da contextualização do texto.
Levantar e confirmar hipóteses relativas ao conteúdo do texto que está sendo lido.
Avaliar afetivamente o texto, fazer extrapolações
Dominar convenções gráficas.
Compreender a orientação e o alinhamento da escrita da Língua Portuguesa  Compreender a função da segmentação dos espaços em brancos e da pontuação de final de frase.

DESENVOLVIMENTO


1° MOMENTO: Na rodinha explicar para os alunos sobre o trabalho que será realizado.

2º MOMENTO: Levantamento de hipóteses (Utilizar o quadro para anotação das hipóteses)

Apresentar a capa do livro
a) O que vocês estão vendo nestas gravuras?(Deixar que falem livremente)
b) Vocês imaginam que história será contada neste livro? (Estimular os alunos a falarem; anotar as colocações no quadro e comprovar ou não as mesmas uma por uma apresentando o título correto da história).


3º MOMENTO: Leitura protocolada da História
Desenvolvimento da Exploração Oral da história. Confirmação ou descarte das hipóteses levantadas.
Dica: Apagar as hipóteses levantadas equivocadamente e deixar somente a correta e/ou as corretas.

4º MOMENTO: Falar com os alunos sobre o gênero estudado (deixar falar livremente).

A Sequência completa é composta por 39 páginas de atividades de Língua Portuguesa e Matemática. Inclui também este texto que pode ser trabalho na aula de religião.


A Borboleta Azul

Havia um viúvo que morava com suas duas filhas curiosas e inteligentes. As meninas sempre faziam muitas perguntas. Algumas ele sabia responder, outras não.
Como pretendia oferecer a elas a melhor educação, mandou as meninas passarem férias com um sábio que morava no alto de uma colina.
O sábio sempre respondia todas as perguntas sem hesitar.
Impacientes com o sábio, as meninas resolveram inventar uma pergunta que ele não saberia responder.
Então, uma delas apareceu com uma linda borboleta azul que usaria para pregar uma peça no sábio.
— O que você vai fazer ? - perguntou a irmã.
— Vou esconder a borboleta em minhas mãos e perguntar se ela está viva ou morta.
— Se ele disser que ela está morta, vou abrir minhas mãos e deixá-la voar.
Se ele disser que ela está viva, vou apertá-la e esmagá-la.
E assim qualquer resposta que o sábio nos der estará errada !
As duas meninas foram então ao encontro do sábio, que estava meditando.
— Tenho aqui uma borboleta azul. Diga-me sábio, ela está viva ou morta ?
Calmamente o sábio sorriu e respondeu :
— Depende de você...ela está em suas mãos.
Assim é a nossa vida, o nosso presente e o nosso futuro.  Não devemos culpar ninguém quando algo dá errado.  Somos nós os responsáveis por aquilo que conquistamos (ou não
conquistamos).  Nossa vida está em nossas mãos, como a borboleta azul...  Cabe a nós escolher o que fazer com ela. 






Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Que tal compartilhar!!!