Texto interativo Cuidado, porquinho!

Olá. Esse é o Texto interativo Cuidado, porquinho!

Trago mais um texto super lindo para trabalhar na alfabetização. Usei este texto para trabalhar diversos conteúdos. Aqui no blog é possível baixar a sequência completa.

Para encontrar pesquise na caixa abaixo:

É possível ensinar de forma divertida?

Lúdico é a forma de desenvolver a criatividade, os conhecimentos, através de jogos, música, dança, atividades criativas, etc..

Então o intuito é educar, ensinar, se divertindo e interagindo com os outros.

Portanto, por meio de uma aula lúdica, o aluno é estimulado a desenvolver sua

criatividade e não a produtividade, sendo sujeito do processo

pedagógico. Por meio da brincadeira o aluno desperta o desejo do saber,

a vontade de participar e a alegria da conquista. Quando a criança

percebe que existe uma sistematização na proposta de uma atividade

dinâmica e lúdica, a brincadeira passa a ser interessante e a

concentração do aluno fica maior, assimilando os conteúdos com mais

facilidades e naturalidade. (KISHIMOTO, 1994).

Então as atividades de leitura podem ser tornar mais divertidas desde que não percam o foco naquilo que é importante. Sabemos que a maioria das crianças gostam de colorir. Portanto, este tipo de atividade é uma boa opção para tornar as aulas mais prazerosas.

Então como ficou? Atividade interativa

Então essas são as Atividades divertidas texto 1º ano

”Hoje em dia, o desafio de ensinar a uma criança é muito maior. Então os professores precisam achar formas de fazer com que as atividades fiquem mais interessantes e envolventes, fazendo com que as crianças se interessem.

Então como criar atividades de alfabetização?
Na educação infantil, as atividades de alfabetização tem o papel de mostrar as letras do alfabeto para as crianças. Depois, vai caminhando um pouco mais além, com o ensino das primeiras sílabas e por fim das palavras. Então o processo leva tempo e pode ir até os primeiros anos do ensino fundamental.

Portanto as atividades precisam ser feitas de forma explicativa, indo muito além do saber o que são as letras. É importante que exista uma inspiração para a criatividade, imaginação. Cabe ao professor, ou mesmo aos pais, saber o nível de entendimento da criança e sugerir novos desafios para que ela possa aprimorar suas habilidades e também se desenvolver. A idade ideal para alfabetizar uma pessoa é dos 4 aos 7 anos. Então nessa faixa de idade, as crianças aprendem com atividades divertidas, que envolvem pintura de desenhos, brincadeiras livres, montagem de mural e roda de histórias.

Dos 0 aos 3 anos, fase do fundamental 1, contar história é o principal meio de alfabetização. Dos 4 aos 5 anos, os pequenos começam a juntar as sílabas e aprendem a escrever o próprio nome. Com a idade entre 6 e 7 anos, aumenta-se o vocabulário e as primeiras frases são escritas, mesmo com os erros de escrita.”

Sair da versão mobile