Pacote 10 textos com interpretação para baixar – atividades de leitura e interpretação – atividades 2º ano – atividades 3º ano – atividades de português 2º ano – atividades de alfabetização.

Então, todos nós sabemos da importância do trabalho com leitura e compreensão nos anos iniciais do ensino fundamental. Dessa forma, reunimos neste pacote 10 textos com interpretação para baixar. São atividades com textos, pequenos textos com interpretação para turmas dos 2º e 3º anos do ensino fundamental.

Pacote 10 textos com interpretação para baixar

Conheça nosso pacote de atividades de leitura e interpretação.

Pacote 07 apostilas de leitura e compreensão textual para o fundamental 1

Como trabalhar com atividades de leitura e intepretação

Desde a educação infantil, o trabalho com textos devem estar presente no planejamento do professor. É importante que para cada etapa seja usado os textos adequados.

Pacote 10 textos com interpretação para baixar

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR

Como baixar no Google drive?
Importante. Caso apareça a opção de acesso negado no drive siga as orientações abaixo. Erro de Acesso negado no drive. Como resolver!

1.Clique nos 3 pontinhos na parte superior da tela.

2. Escolha a opção“Abrir no drive” (Necessário login)

3. Pronto. Agora é só voltar ao arquivo e clicar no botão de download.

Na tela que abrir clique nos 3 pontinhos e opção de download.

O processo de leitura e interpretação.

Segundo a Coleção Ceale Leitura como Processo Delaine Cafiero tradicionalmente, a leitura foi considerada como uma atividade mecânica de decodificar palavras, de garimpar sentidos que estariam prontos no texto. Com isso, acreditava-se que, para formar um leitor competente, bastava ensinar a ler no primeiro ano de escolaridade, no período de alfabetização, e depois o aluno já estaria pronto para ler qualquer
texto. Como, nesse curto período, os alunos não desenvolviam habilidades suficientes para compreender a diversidade de textos escritos que circulam na sociedade, a culpa do insucesso na leitura era sempre do aluno. Era ele que não sabia ler, ele era o incompetente. Portanto, a alfabetização é aqui entendida como processo de aquisição do sistema de escrita.

Hoje já se sabe que a leitura é uma atividade complexa, em que o leitor produz sentidos a partir das relações que estabelece entre as informações do texto e seus conhecimentos. A leitura é considerada uma atividade cognitiva e social (KLEIMAN, 1993). Como atividade cognitiva, pressupõe que, quando as pessoas lêem, estão executando uma série de operações mentais que vão além da decodificação e utilizam estratégias, algumas inconscientemente e outras conscientemente. Como atividade social, a leitura pressupõe a interação entre um escritor e um leitor, que estão distantes, mas que querem se comunicar. Fazem isso dentro de condições muito específicas de comunicação, pois cada um desses sujeitos (o escritor e
o leitor) tem seus próprios objetivos, suas expectativas e seu conhecimento de mundo.


Tomada como atividade cognitiva, a leitura pode ser ensinada, isto é, podem ser ensinadas estratégias que ajudam o leitor a ler melhor. Tomada como atividade social, a leitura pressupõe objetivos e necessidades que são determinados na interação: ler para quê, com que objetivos, para interagir com quem, por que motivo. Há grandes vantagens em se pensar a leitura desse modo. A principal delas é a de mostrar que existem formas para aumentar a competência em leitura ao longo da vida, isto é, que o ensino de leitura não é uma etapa pontual que se esgota na alfabetização.

Clique na imagem para acessar!